Em busca de um sonho... ser mãe

terça-feira, 4 de agosto de 2015

cirurgia as pressas

Dia 30/07 a Érica fez uma cirurgia as pressas.
Estava com o abdômen bem distendido. Tiraram um raio x e logo falaram que ela passaria pela cirurgia.
A causa : enterocolite necrosante

Enterocolite Necrosante

Você esta em: Página inicial | Enterocolite Necrosante
O que é?
A enterocolite necrosante ou necrotizante, ECN ou também chamada de NEC, é a emergência gastrointestinal mais frequente e perigosa do período neonatal, acometendo de 0,1 a 0,7% dos nascidos vivos e cerca de 7% dos bebês internados em UTI Neonatal. Além disso, ocorre em cerca de 5 – 8% dos bebês nascidos com muito baixo peso (abaixo de 1,5kg).
A enterocolite é uma doença pela qual a superfície interna do intestino sofre lesões e se inflama. No caso de ser grave, uma porção do intestino pode morrer (necrosar), ocasionando perfuração intestinal e inflamação do peritônio (camada que reveste a cavidade abdominal).
A doença afeta principalmente os recém-nascidos prematuros. Ainda não se identificaram completamente suas causas. Mas sabe-se que entre elas está a inadequada irrigação de sangue para o intestino que pode lesar parte do mesmo. As bactérias podem invadir a parede intestinal danificada e produzir gás dentro da mesma. Se a parede intestinal se perfurar, os conteúdos intestinais podem invadir a cavidade abdominal e produzir uma infecção (peritonite). Esta pode se estender à corrente sanguínea causando sepse (infecção generalizada) e até causar a morte.
Se o intestino se perfurar ou a cavidade abdominal se infectar, é necessário intervenção cirúrgica, que será também necessária se o estado do bebê piorar progressivamente. No entanto, aproximadamente 70 % das crianças com ECN não requerem cirurgia. Durante o procedimento extraem-se as porções do intestino perfuradas ou necrosadas. As extremidades cortadas do intestino podem ser ligadas na superfície da pele onde ficam abertas (chamada ostomia). Às vezes, quando as extremidades do intestino estão sadias, podem voltar a ser unidas de imediato. Caso contrário, esta ligação é feita após várias semanas ou meses, depois da recuperação total do tecido intestinal.
O tratamento médico intensivo e a cirurgia apropriada melhoraram o prognóstico para os bebês com enterocolite necrosante. Hoje em dia, mais de dois terços deles sobrevivem.

fonte : http://prematuridade.com/saude-do-prematuro/enterocolite-necrosante

Érica agora segue bem grave.
Está entubada. Segue sedada.
Está com acesso e tomando várias medicações, inclusive antibióticos.
Logo mais ( dia 10/08) faremos 6 meses.
Bom sei que os que acompanham o blog agora mais do que nunca vão colocar suas orações para ela.
 

4 comentários:

Ni Rocha disse...

Deus esta os iluminando, mandando muito luz a sua Érica e zelando pela saúde dela. Muitas forças a vocês, confiem nos milagres. Orando muito por vocês!!!

Lyanna Souza disse...

Que o Senhor estenda as suas poderosas mãos sobre a a pequena Érica e que em breve ela esteja com a sua saúde completamente restaurada!!! Muita força querida!!! Bjos!!!

Liliane disse...

Como está a Érica?

Mika disse...

Que Deus ilumine sua bebê, ela é forte e vai superar mais essa. Estou orando por vocês. Beijo
—————————————— ♡
Mika,
decidisermamae.blogspot.com.br
instagram.com/decidisermaeblog

Postar um comentário

Postagens populares